food for thought.... · Leadership · Yoga

Why working with love, purpose brings more success than working for money, for power? Yoga Karma teachings

Since 2003 Yoga has been a strong part of my life, this might seem a contradiction – working in a multinational company and still feel myself a yogini from my soul…

I found a place for a yogini as a general manager in a multinational company, indeed, GM in 2 different companies, in 2 different continents. A Yogini proud of delivering results, increasing market share, and also proud of motivating people to love to give results and celebrating stepping up the ranking of biggest companies in the country…

meditating-business-people

It was not always like this – I have doubted thousand times if I could live the yoga life style, mainly with 4 Yamas that I admire most; Satya (pure truth), Ahimsa (Love, non violence), Asteya (not crave for wealth, power, fame or whatever that might guide you to steal or do “evil”), Aparigraha (not being “greedy”, not looking for what you do not need for live, not cumulating things you do not need…). Most of the yoguis judge multinationals and criticise the executives working with them, they judge all executives as being all opposite of being yogi, it is even worst to be in this group while working for a pharmaceutical company.

Once when I was living in Budapest, 2005, and I was the head of a Healthcare Company, I was in love with yoga, I was a vegetarian, doing 10 days fasting twice a year and I went to a yoga retreat with only raw food. I was so happy the first day, practicing yoga, meditating, eating super healthy. During the dinner, a discussion started about how much damage the pharmaceutical companies were doing to the world and how the cure of cancer was already discovered but the companies were hiding it for their own profit… Judgment, criticism, which I analyse now as pure Avidya (lack of knowledge), one of the reasons of human suffering. I was not mature, and I judged myself, even being super hyper proud of what I was doing. I gathered my stuff while everybody was sleeping and I left…

This Sunday I had a great conversation with my mother, I told her that I decided to leave my company or to ask for a sabbatical year, go to India, learn deeper the Yoga and try to help people and spread love around the world in India, Africa… My mother asked me if I thought that what I was doing was not doing good for people, and I just answered that, on the contrary, I did believe that the company was saving lives, but the image did not reflect the reality. Also that I did believe that I was touching my team’s heart, but I felt it was too difficult to be “different”, a person who talks about love in a multinational. I remembered hearing (we were by the phone, she in Brazil and I was in Hungary) her laughing and she just answered: “yes my daughter, I agree with you, it is indeed much easier to spread love and kindness in Africa and India where everybody is open to receive it, it is too much of a challenge to change the profile of a multinational and prove that what they are doing fits the values you have, it is too much of a challenge to lead a company with love…”

Well, guess what?? …here I am, 9 years later, a different GM in Venezuela who talks about working with live, and during these years I read more and more about yoga, I discover that being a yogini is not how much further you push your leg into your ear, but deeper, you have to believe that love and peace of mind guide your life. All these doubts made me understand that, if you work for the simple reason that you love what you do and you want to prove that your values are aligned with your companies, and your purpose of life is aligned with its purpose, you will work much harder, you will work to deliver the mission of the company, that mixes with your own mission and when this happens, all comes, you can inspire, you can influence, you are consistent on what you say and what you do, the results are not celebrated for the finances they bring, but for the good deed they represent.

I started to understand the pattern; always when I did not focus on the bonus itself, I did not focus on the financial results or on the image I would enjoy, but, always when I did something with passion, enjoying fully the work itself, all the results used to come so, so constantly…

I understood then the results I was always achieving by reading in Bhagavad Gita about Karma Yoga – yoga by action. “Work alone is your privilege, never the fruits thereof. Never let the fruits of action be your motive; and never cease to work. Work in the name of your purpose, a greater good, abandoning self desires. Be not affected by success or failure. This is called Yoga.”

….Yoga, thousand of years ago, taught us what experts in psychology are telling us now – find a purpose for you and your team which is aligned with your company purpose and the results will come…

…and finally the yoga tells – the one who truly work for the sake of working, for a greater good, and inspires and influence others to do the same, building a better world, shall receive more and more to be able to influence more people to do even a better universe!

I do work for a greater good, I did find a company that has it in its core, and I have a team that does believe in a purpose, we are looking for a balance, whatever it means.

…and I do believe, from the bottom of my heart and my soul that the results we are achieving are to give an example that, believing in this greater good, working with love and trusting everybody deserves respect will bring the results one desires, and then we will celebrate the fingerprint we left in a country, the seed of love planted and the gratitude for being part of something bigger!

Work to make a difference, work to do your best for your people and for the country you live in – do not bother if you might fail sometimes or succeed others, just celebrate each time you have been true to your values, your principles, your purpose!

Coisas para serem lembradas!!! · Yoga

INSTRUCCIONS FOR THE DAILY MEDITATION FOR VENEZUELA – INSTRUCCIONES DE MEDITACIÓN DIARIA PARA VENEZUELA

INSTRUCCIONS FOR THE DAILY MEDITATION FOR VENEZUELA – INSTRUCCIONES DE MEDITACIÓN DIARIA PARA VENEZUELA

This page of Pedro seems to me to be what many of us should be doing, not only for Venezuela, but for the world!

I will meditate for the love in Venezuela and I will add the world a little, and you?!

“INSTRUCCIONES DE MEDITACIÓN DIARIA PARA VENEZUELA

24 FEBRERO, 2014 BY  LEAVE A COMMENT

Hoja Corazón 

MEDITACIÓN DIARIA PARA VENEZUELA

(Todos los días a las 8:00 pm)

Instrucciones:

  1. Sentarse cómodamente, cerrar los ojos.
  2. Respirar de forma suave, profunda y prolongada. Observando la respiración atentamente hasta calmar la mente. Tómate el tiempo que sea necesario.
  3. Recrear la sensación del Amor en tu corazón. Visualiza lo que SI QUIERES para Venezuela y para ti. (IMPORTANTEno visualizar lo que NO quieres) Tu visualización debe hacerte sentir feliz y con mucho Amor.
  4. Contemplar la energía del Amor que estas sintiendo impregnando cada partícula cuántica del campo energético de Venezuela.
  5. Contempla a cada partícula como un Ángel de luz de Dios prevaleciendo y dispersando las sombras densas en Venezuela y en todos los Venezolanos.
  6. Mantén tu visión en la energía del Amor el tiempo que te sea posible.

Los espero en el Campo Cuántico.

Gracias por Existir.

Ing. Pedro Luis Otero”

Existence · Thoughts&Learning · Yoga

Perdao, paz, plenitude – custam barato (05/05/2008 – right before my transfer to Mexico)

Forgiveness is not for the others is only for yourself…

When you forgive someone, are you making a favour for the person ?

What do the person think or feel when you forgive her/him ?

What do you feel when you forgive someone ?

Is this feeling better for the person or for yourself ?

What do you think when you do not forgive someone ?

What does the person think when you do not forgive her/him ?

After forgiving someone, from your heart, what do you feel after ?

…the biggest benefit of the forgiveness is the peace that it brings to yourself.

Cada aula de yoga eu tenho aprendido algo diferente, minha professora é um pouco diferente do que eu diria ser uma yoguini, na verdade, isto me fez mostrar que todos são capazes de ser bons instrutores de yoga, importante é o que voce quer passar para os outros!

Minha professora de yoga….

Ao começar a ter aulas com ela, a sua facilidade para entrar nas posições e sua facilidade para falar sobre coisas profundas me encantou e no começo me fez sentir motivada. Ao passar o tempo e ao tentar o máximo seguir seus passos e ter uma dificuldade grande em acompanhar, o desanimo tomou conta e foram precisos 2 anos de desistência e persistência para que eu percebesse que cada um tem seu limite, e foi ao ter aulas nas férias da minha professora, com um professor americano que eu aprendi que para ser uma yogini, não basta entrar fácil nas posições e falar bonito. Que para ser uma yogini, eu posso ter um limite muito menor e não ter a flexibilidade de um guru indiano, mas importante são as crenças, valores e linha de conduta !!

Ao fazer aulas com o Tom e ver como ele é longe de ser flexível, mas aura, sua voz, seu modo de conduzir a aula, enchem a pessoa de paz… até seu studio faz com que você comece a meditar apenas de iniciar as suadações do sol com a foto do pathabi jois te observando na parede! sua

A energia que vem de dentro do coração da pessoa é muito mais importante do que o quanto teu braço alcança ao redor da perna seu dedão do pé….

Ao fazer uma aula em um sábado ás 10:30 da manhã, em plena frente fria durante um verão quente de Budapeste, quando o ar fica quente, mas a brisa esfria tudo, fazendo com que o calor do clima continental fique ameno e gostoso, meu espirito transformou-se, e muitos dos pensamentos esquisitos que originavam  sentimentos estranhos foram dissipando-se. Ao sair da aula, que é em um prédio tipico de budapeste, com apenas 4 andares, que dá em uma praça que ficar ao redor de vários restaurantes e barzinhos que deixam suas mesas no centro da praça, praça que abriga também alguns restaurantes macro bioticos, lojinhas indianas, lojas de cd de meditação, eu parei alguns segundos para sentir aquele clima todo e aquela energia toda… resolvi sem pressa sentar em uma das mesinhas da praça debaixo de uma sombra que uma árvore enorme estava fazendo, e percebi pelo cheiro de terra molhada que havia chovido, o que completou a ambiente perfeito para me fazer sentir a paz enorme que uma aula de 2 horas de yoga pode trazer!!!

Com calma peguei minha revista de yoga e comecei a ler alguns artigos enquanto meu suco de laranja chegava…

Aqueles momentos, aquela paz, aquele cenário, aquele cheiro de terra molhada, emoldurei e guardei no meu coração, para sempre lembrar como as coisas mais simples são aquelas que trazem maior prazer, não paguei mais de 4000 Forintes, 2000 pela aula de yoga e 2000 pelo suco de laranja e salada…. E um valor imensuravel pelos pensamentos de paz e calma e tranquilidade que fui abençoada naquele momento…

Percebi então o proposito da meditação, do pensamento positivo, da nossa vontade de ter paz, sem estar escravo desse desejo, de apenas se deixar levar pela estado de paz, ou qualquer outro sentimento que invade teu coração… Essa plenitude é atingida quantas vezes desejarmos, quantas vezes abrirmos o coração, e nada é necessário, ninguém…

Você, na verdade, só você, sozinho, solitário é capaz de atingir esta plenitude, estando com uma multidão ao redor, ou estando sozinho, mas apenas quando você for capaz de isolar-se e encher-se de paz, paz que traz amor por si mesmo que traz felicidade e assim a plenitutde toma conta de você de uma maneira magnifica, que te faz sentir completo, pleno, cheio e capaz de sorrir por muitos séculos, um sorriso que vem de dentro, um sorriso que não força nenhum musculo da face, um sorriso que se expressa pelos olhos, suaves linhas do rosto, mas pelos olhos, pelo olhar profundo de serenidade !!!!

Nada no mundo paga esse momento, esse sentimento, e se formos capazes além de tudo de transmitir este sorriso para uma segunda pessoa, então essa troca de olhar cheia de plenitude e paz, gera uma energia inexplicável que nada e nem ninguem que não sentiu e viveu pode entender, mas que quem sentiu e viveu entende exatamente o que uma troca de olhar de duas pessoas sentindo-se plenas e completas com uma paz interior que transborda de felicidade…

Existence · Thoughts&Learning · Yoga

Tantra – 01/07/2006 (do meu computador…)

Tantra, que bom que achei a yoga para me ajudar a tomar decisoes importantes sem me arrepender !!!

Na minha busca por ideias que pudessem orientar minha vida, de maneira a vive-la como gosto, intensamente, mas de uma maneira que pudesse orgulhar-me dela e fazer com que eu vivesse em uma “familia de almas” que pudesse fazer feliz, deparei-me com a Yoga.

Meu objetivo claro e absoluto na vida e ser feliz e fazer as pessoas em volta de mim felizes.

A busca conjunta por essa felicidade, minha e das pessoas com quem convivi, convivo ou convivirei, e o que fazem minha felicidade, nao somente o encontro dela, mas  entender q ja na busca pela felicidade, esta a felicidade.

Muitas pessoas esperam por uma coisa ou outra para serem felizes e esquecem-se de aproveitar a busca, e quando conseguem tornam-se infelizes, por que ou querem mais, ou querem buscar novamente outra felicidade para poderem aproveitar a busca…

Tudo muito complicado, a felicidade, que a yoga catalisou na minha vida foi o momento, foi a decisao de ser feliz por pequenas coisas.

Como no Hinduismo, Budismo e parte de algumas religioes, o apreciar dos momentos pequenos e divinos do nosso dia a dia fazendo com que no final dele, reconhecemos uma felicidade maior, imensa, formada de montes de pequenos momentos, e isso esta totalmente sob nosso controle!

A yoga me mostrou a calma, paz e tranquilidade de sabermos ficarmos sos com nos mesmos e estarmos em paz. A meditacao q outrora parecia impossivel, parece agora fazer parte da rotina. E nao e necessario sentar em lotus, ter um ambiente preparado para isso, ja me peguei meditando esperando uma reuniao importante, for a da sala do ministerio da saude na Hungria, simplesmente por saber que teria que esperar mais de 45 mins, e nao tinha tido tempo para meditar nos ultimos dias, entao ao inves de irritar-me por ter que esperar, agradeci a oportunidade de poder ter aqueles minutos, no meio do dia para dedicar a mim mesma !

Comecei a ler um pouquinho sobre yoga, ensinado por Patanjali, que foi a yoga que comecei dos 8 “ limbos”  (nao sei como se chama em portuges) que e o ashtanga, Patanjali era definitavemente dualista, e acreditava que o divino, espiritual esta separado do nosso mundano dia a dia. Atraves da yoga, voce busca o divino, atraves do encontro da tua paz interior e da tua tranquilidade, controle de pensamento e respiracao, controle de si mesmo…

Meu interesse pelo Tantra veio da definicao baseada no nao dualismo, nao existencia do certo e errado, nao existencia do bem e do mal, nao existencia do divino e material.

O Tantra, nao e uma filosofia tao pouco como muita filosofia de yoga que acredita que para atingir o maximo e necessario abdicar coisas mundanas, como dinheiro, prazeres, posses, emprego, familia. Ao contrario, o Tantra incentiva a experimentacao pessoal, e a experiencia como uma maneira de ir adiante no cominho da realizacao pessoal.

Outro pensamento interessante do Tantra, e que acreditando no sistema nao dualista, nao ha separacao da realidade material e espiritual, entao atingir um nivel espiritual elevado, nao e um desafio, mas um fato. Apesar de percebemos como humanos dualidades em volta de nos todo o tempo – bem e mal, masculino, feminino, quente e frio – tudo isso e ilusao criado por nosso ego quando, de fato, todos opostos estao contidos em um mesmo universo de consciencia. Para os Tantricos, isso quer dizer que tudo que fazemos ou tudo que sentimos, vindo da dor ou do prazer ou qualquer coisa no meio, e uma expressao do divino que somente vai trazer-nos mais perto da nossa propira divindade.

A vida diaria, sentimentos estranhos, tudo que sentimos e julgamos talvez errado, nao sao coisas que temos que fugir ou superar, mas mesmo o que parece o mais errado dos nossos atos, ou negativo, se feito com uma intencao positiva e contendo uma energia e sentimento puro, sao bonitos e devem ser valorizados.

Um professor de tradicao Tantrica de Sri Vidya, Rod Stryker, diz que muito mais do procurar por samadhi, ou seja, libertacao do mundo carnal, o Tantra ensina que a libertacao e possivel no nosso mundo, dentro de nos mesmos…

Uma das coisas que mais me atraiu no Tantra foi a crenca de que tudo e divino, Tantra acredita que nao ha, literalmente, nenhuma particula de realidade que nao e capaz de revelar extase e que tudo que existe e cheio de luz e reconhecimento….

Isso vem muito junto com a filosofia de vida que minha me ensina, que ela tenta fazer com que eu aprenda e baseie minha vida – a tentar enxergar em cada pequena coisa uma dinvidade, olhar um folha mais verde em uma arvore e admirar, ouvir e cheirar a chuva de verao e deixar que os olhos encham de lagrima por nada, so por estar apreciando quele momento, deixar que as emocoes de manisfestem da maneira como elas querem, sem medo de expor-se, mas com desejo forte de sentir a vida !!

O Tantra enxerga o corpo como uma manisfestacao do espirito. Tornando o corpo puro e forte  atraves dos asanas e e unificando o universo dos opostos, o corpo pode ser um veiculo para acabar com o sofrimento e atingir a libertacao interior. O nosso corpo e um templo, que tem o poder de fazer-nos atingir um estado de espirito maior, atingindo o equilibrio de todas celulas de nosso corpo, atravez da paz e tranquilidade, enxergando tnosso corpo como uma manisfestacao de uma parte do divino que ha dentro de nos, seremos capazes de ver a beleza divina que ha por dentro.

Em muitas partes do mundo, o Tantra ficou cohecido pela divlugacao de uma linha de ‘esquerda” que interpretou esse significado da manifestacao divina atraves do corpo, atraves da pratica do sexo e utilizou sua filosofia para melhorar e aperfeicoar a maneira de praticar o sexo.

Na verdade a atitude do Tantra  perante o sexo cai em linha com sua principal filosofia que todo aspecto de vida e um caminho para o universo e divino, se feito de uma maneira saudavel e com a intencao certa.

O ponto nao e comer, beber, fazer sexo, amar sem consequencias, MAS TER A RESPOSTA, REACAO PARA CADA MOMENTO DE NOSSAS VIDAS E VIVER DE ACORDO COM A NECESSIDADE DO MOMENTO, por que essa necessidade e a expressao do divino dentro de nos, e ninguem e nada, mais que nos mesmos para sabermos o que necessitamos para desenvolvermos nosso interior. Por isso comer chocolate, fazer sexo, beber ou cair de cabeca em qualquer amor so por fazer, nao estara ajudando a encontrar o nosso equilibrio, mas quando estiver com vontade de beber, comer algo, que vem de dentro, e se estivermos em equilibrio e conseguirmos nos conhecer o suficiente, essa experiencia do beber, comer naquele momento, vai ser uma manisfetacao de algo bonito, e vamos apreciar muito e isso ira nos engrandecer.

Da mesma maneira com o sexo e o amor, quando algo dentro de nos nos sinaliza para ir em frente, quando encontramos alguem que nos desperta algo muito forte, temos que viver isso, nosso espirito manisfestado pelo corpo e o melhor guia para nossas vidas.

E, principalmente, quando seguimos nosso coracao, e sentimos que ha algo mais forte e divino naquele que sentimos, e o fazemos com a intencao sincera e honesta, nao ha certo e errado, ha sim a decisao menos dolorida, a decisao em que voce se imagina daqui ha 5 anos na mesma situacao e pensa se sera feliz, se nao… para que continuar ?

Minha paz ficou transtornada por imaginar que exista no mundo um outro homem que sera o ideal para mim… Mas essa pessoa eu farei muito mais feliz, por que eu poderei ser eu mesma, completamente responsavel, que se tivermos filhos eu terei que abdicar de coisas que eu acredito que serao ate importantes para que meus flhos sejam como eu, por que me orgulho da pessoa que me tranformei, e quero que meus filhos sejam tao moleques e irresponsaveis na hora certa quanto eu sou…

Mas na realidade, na minha manifestacaco do meu divino, fazendo minha yoga e olhando para dentro de mim, nao e essa pessoa que me transformei hoje, que fara meu marido e meus filhos felizes. Se continuar nessa relacao e tiver filhos, um dia olharei para dentro novamente e irei buscar o que na realidade e o parceiro ideal.

Sei verdadeiramante que o parceiro ideal existe, o perfeito nao, mas o mais importante e que os dois como no Tantrismo busquem a juncao dos opostos, para transformar a relacao um um universo de paz. Se ambos buscarem a paz, o felicidade em comum, e essa busca se fizer atraves de coisas que sao em comum e que nao sejam sacrificio, isso sera um desafio, mas nao um sofrimento.

Para mim familia é algo sagrado e maravilhoso, e familia nao quer dizer sempre pai, mae e  filhos. Fomos uma familia muito mais feliz quando o meu pai saiu de casa para buscar sua felicidade e fomos todos mais felizes – o meu pai conosco ainda, mas com sua familia e nós crescendo com minha mae e meu pai um pouco mais de longe.

Mas no meu caso, eu quero ter uma familia com um marido que vai ser um marido delicioso e moleque e ao mesmo tempo vai ensinar meus filhos a serem moleques, mas moleques que sabem quando serem moleques e quando serem responsaveis.

Um equilibrio, balanco, em tudo na vida, uma vida tantrica, fazendo com que todos opostos estejam presentes em uma maneira balanceada…

Comer doce e chocolate, beber refrigerante, mas adorar um suco de laranja fresquinho e uma melancia gelada…

Ter brigas na familia, mas nunca ir para cama sem conversar…

Tive na minha muitos exemplos de pessoas que poderiam ser esse marido e pai na minha vida, mas sei que a hora nao era certa!

Sei tambem que a pessoa certa ira me encontrar, mas para isso tenho que estar com o coraçao aberto e acreditar que vale a pena e nao fechar meu coracao como estava fazendo, pensando em estar só para o resto da minha vida…

…e uma coisa que me da tranquilidade, e que minha mae me apoia 100% na minha decisao, ela acredita que eu tenho que ter do meu lado alguem que ama a vida como eu amo, que vai, mesmo tendo filhos comigo, querer continuar a viver tao intensamente como eu quero, que ame a vida como eu amo, e que eu possa fazer feliz por inteiro e que por reacao me faca tambem !!! :o)

Te amo mae, bigada por existir !!!! Nao sei o que faria sem voce !! Voce me fez uma pessoa especial, so por ser tua filha e ter herdado essa tua vontade de viver e ser feliz ! Por isso  na minha vida as horas dificeis sao menos dificeis, o sofrimento existe, mas dura pouco, menos que durava alguns anos atras. Consigo enxergar o lado bom em tudo, e uma coisa nunca perco: a esperanca – acredito profundamente na beleza da nossa vida e que estamos aqui para sermos felizes, nada mais !

Que bom que voce me ensinou tudo isso e que algo colocou a yoga na minha vida, nao pelo fisico, mas pela maneira de ver a vida, como voce ve !

Tomara que sempre mantenha esse teu espirito bom dentro de mim, assim minha vida sera facil !!